Sexta, 30 de Julho de 2021
44999561401
Polícia BRASIL

Procurado por roubo a agências Bancárias, integrante do Novo Cangaço se entrega à polícia

O roubo as agências do Sicredi e Sicoob aconteceu no dia 4 de junho...

09/07/2021 22h15 Atualizada há 3 semanas
206
Por: Mauricio Biriba Fonte: G1 MT
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um dos acusados de integrar o grupo que assaltou duas agências bancárias da cidade de Nova Bandeirantes (1.026 quilômetros de Cuiabá), na modalidade 'Novo Cangaço', no dia 04 de junho, se entregou na manhã desta sexta-feira (09). A caçada já dura mais de um mês e teve um saldo de nove mortos e mais de R$ 500 mil recuperados.

O homem resolveu se entregar para a Polícia Militar. Ele estava sem armas e também não apresentou nenhuma quantia em dinheiro. 

Até o momento, a polícia não divulgou o nome do suspeito. Ele está sendo interrogado na delegacia de Nova Bandeirantes, cidade onde ocorreu o crime.

O tenente coronel Adenilson de Arruda, comandante do CR de Alta Floresta, comentou que no dia 4 de junho, 13 elementos armados invadiram as duas agências da cidade e levaram muito terror aos moradores.

"Nós não vamos parar. O trabalho de busca continua, com todas as forças empenhadas, para dar uma resposta à sociedade", disse o comandante da região. 

Cerca de 100 policiais estão atuando com barreiras policias, buscas na mata, além de voos de helicóptero. “Vamos manter todo pessoal necessário na região até que as investigações sejam concluídas. Enquanto tiver a possibilidade de alguém homiziado, a gente vai ficar com as forças [de segurança] até pegar o último”, afirmou o secretário de Segurança Pública (Sesp-MT), Alexandre Bustamante nesta quinta-feira (1º).

O roubo as agências do Sicredi e Sicoob aconteceu no dia 4 de junho. Na porta do banco eles deixaram reféns sem camisa e com as mãos pra cima, enquanto faziam o recolhimento do dinheiro. Para assustar e evitar a chegada dos policiais, eles dispararam vários tiros em frente à praça pública. 

Todo ato é semelhante ao usado no estilo Novo Cangaço, que estava extinto em Mato Grosso desde 2013.

A operação em Nova Bandeirantes já dura mais de um mês com saldo de nove mortos, agora cinco presos e cerca de R$ 500 mil recuperados.

Os mortos são: Romário Oliveira Batista, Maciel Gomes de Oliveira, Luiz Miguel Melek, Waldeir Porto Costa, conhecido como Índio, Diego de Almeida Costa, Adailton Santos da Silva, Ronaldo Rodrigues de Souza e/ou Francisco de Assis Cavalcante dos Santos, conhecido como Galego, Cristiano de Jesus Nunes, de 28 anos, e Samuel Santos Silva, conhecido como Salvador, 44 anos.

Os outros presos são: Edenicio Pereira Cavalcante, conhecido como Coroinha, que teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pelo Poder Judiciário, Josias Silveira teve a liberdade provisória com o uso de tornozeleira eletrônica, Franklis Souza de Jesus, conhecido como Frann, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e Valdecir de Salles Barboza, cuja prisão em flagrante foi convertida em preventiva.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Francisco Alves - PR
Atualizado às 05h01 - Fonte: Climatempo
Poucas nuvens

Mín. -2° Máx. 17°

° Sensação
12.7 km/h Vento
57.5% Umidade do ar
0% (1mm) Chance de chuva
Amanhã (31/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 17°

Sol com muitas nuvens
Domingo (01/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 16°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias