Portal do Viola News
Plantão
Tok e art
Perereca
Diego Mistura Raimondi
Cantinho do Sorvete
Pedro Henrique
Farmácia Santa Inez
Dois Irmãos Ipora
Veterinária São Francisco
Kabnha's
Katia Biju's
Mercado Rio Bonito
Pedro Henrique
Farmácia Bom Preço
Escritório Francisco Alves
Mercado N.Sra aparecida
Laboratório S. Jose
H C Utilidades
PERDEU DOIS FILHOS

Mãe de menina morta com 35 facadas já tinha perdido filho adolescente assassinado a tiros

Agora, a recepcionista tem apenas um filho, de 21 anos, que mora na Bélgica.

15/03/2020 10h13
Por: Mauricio Biriba
Fonte: G1
338

A morte da adolescente Emanuelle Souza Batista, de 14 anos, que foi morta por uma amiga com 35 facadas, trouxe à tona um antigo pesadelo para a mãe dela, a recepcionista Rênia de Souza, 38, em Rio Verde, na região sudoeste de Goiás. Há menos de três anos, ela perdeu outro filho, Bruno Souza Gomes, à época com 16 anos, também assassinado, mas a tiros.

Uma estudante de 15 anos foi apreendida e confessou ter matado Emanuelle e ateado fogo ao corpo após atrai-la para um matagal. Ela alegou que cometeu o ato infracional porque a vítima estaria falando mal dela nas redes sociais.

Dois suspeitos de matar Bruno também foram detidos, no final do ano passado. Segundo a investigação, a vítima teria se envolvido com a ex-namorada de um dos suspeitos e foi executada após uma emboscada.

"Difícil, mas não posso trazer eles de volta. Vou ao psiquiatra e estou fazendo tratamento. Estou tomando remédio, senão ficaria louca", disse Rênia ao G1.

Agora, a recepcionista tem apenas um filho, de 21 anos, que mora na Bélgica.

'Não agiu sozinha'

Sobre a morte de Emanuelle, Rênia acredita que a suspeita do homicídio não agiu sozinha.

"Claro que tem mais gente. Minha filha tinha 1,7 metro e 60 kg. A outra menina era pequena, magrinha. Não dava conta sozinha. Ela é muito alta e forte para ser morta assim por essa menina", afirmou.

Apesar disso, a polícia trabalha com a autoria apenas da adolescente, que está apreendida provisoriamente por 45 dias. A recepcionista crê que a suspeita pode ter agido motivada por ciúmes.

"Apesar de a minha filha contar poucas coisas para gente, eu sabia que ela conversava com o namorado da menina e que ela tinha ciúmes", relata.

 

 

  • Mãe de menina morta com 35 facadas já tinha perdido filho adolescente assassinado a tiros
  • Mãe de menina morta com 35 facadas já tinha perdido filho adolescente assassinado a tiros
Anuncie aqui
Mercado Rio Bonito
Pedro Henrique
Dois Irmãos FA
Anuncie aqui
Pedro Henrique
Anuncie aqui
Municípios
Anuncie aqui
Últimas notícias
Anuncie aqui
Mais lidas