Portal do Viola News
Farmácia Bom Preço
Katia Biju's
Farmácia Santa Inez
Diego Mistura Raimondi
Mercado N.Sra aparecida
Dois Irmãos Ipora
Perereca
Veterinária São Francisco
Tok e art
Pedro Henrique
Cantinho do Sorvete
Laboratório S. Jose
Pedro Henrique
Mercado Rio Bonito
Escritório Francisco Alves
Kabnha's
ALERTA

Sequestro de empresária de Colombo viraliza nas redes sociais e polícia alerta: “Não façam isso. Só atrapalha”

A empresária foi levada em um sequestro relâmpago no bairro Guaraituba e acabou liberada horas depois

05/02/2020 12h56
Por: Mauricio Biriba
Fonte: Banda B
189

 sequestro relâmpago de uma empresária de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), que mobilizou as forças policiais nesta terça-feira (4) e acabou bem, fez com que a Polícia Civil fizesse um alerta para que as pessoas não compartilhem nas redes sociais casos assim. “Isso acaba atrapalhando e não ajudando”, diz o delegado Cristiano Quintas, do Grupo Tigre, especializado em casos de sequestro.

A empresária de 50 anos foi levada em um sequestro relâmpago no bairro Guaraituba e acabou liberada horas depois na mesma região. Porém, enquanto o sequestro acontecia, viralizou nas redes sociais pedidos de ajuda para localizá-la, alertando sobre o sequestro com a foto da empresária.

Boa tarde! Peço ajuda de vcs para que compartilhem e ajudem. Ela acabou de ser sequestrada agora pouco no Detran de Colombo, só temos informação que foi um veículo HB20 PRATA q a levou, qq informação entrar em contato por favor”, dizia uma das postagens.

O delegado Quintas explica por que não se deve compartilhar nas redes casos de sequestro.

“Orientamos que as pessoas não divulguem em redes sociais casos de sequestro. Isso é nada eficaz. Só vem atrapalhar as investigações. Sabemos que muitas pessoas fazem isso no sentido de ajudar, mas a divulgação acaba trazendo para a polícia informações falsas de oportunistas, com muitos boatos de ouviram dizer. Além disso, há muitos golpistas que começam a ligar para a família exigindo dinheiro para a liberação da vítima sem ter nenhum envolvimento com o caso. Só para se aproveitar. Portanto, não divulguem casos de sequestro, é o que pedimos”, afirmou o delegado.

 

A orientação é sempre procurar a polícia imediatamente.

O sequestro

O sequestro relâmpago começou quando a mulher conversava com a filha por telefone em frente ao Detran de Colombo, por volta das 10h. Em determinado momento, a jovem ouviu a mãe gritar e se desesperou. Ela foi até o órgão estadual e encontrou o celular da mãe jogado na rua e o carro dela estacionado. A partir daí, foram momentos de desespero para a família, até quando a empresária foi localizada, por volta das 16h30. Ela está bem.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Anuncie aqui
Pedro Henrique
Dois Irmãos FA
Mercado Rio Bonito
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Pedro Henrique
Municípios
Anuncie aqui
Últimas notícias
Anuncie aqui
Mais lidas