Portal do Viola News
Katia Biju's
Perereca
Farmácia Bom Preço
Fina flor
Cantinho do Sorvete
Veterinária São Francisco
Diego Mistura Raimondi
Hotel e Restaurante
Posto Beltramim
Mercado Rio Bonito
Escritório Francisco Alves
Pedro Henrique
Mercado N.Sra aparecida
Kabnha's
Laboratório S. Jose
Pedro Henrique
Tok e art
Farmácia Santa Inez
CAMBIRA PR

Polícia apresenta suspeitos de envolvimento no sequestro de gerente e família

Dos cinco suspeitos, dois morreram em confronto

04/12/2019 13h08
Por: Mauricio Biriba
Fonte: TNOnline
93

Uma mulher e dois homens foram presos na segunda-feira (2) suspeitos de envolvimento na extorsão mediante sequestro de um gerente de banco e sua família, em Cambira. Outros dois suspeitos envolvidos no crime morreram após confronto com a Polícia Militar (PM), em Mandaguari.

Durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (3), o delegado Felipe Ribeiro Rodrigues - que responde interinamente pela 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana - contou como tudo aconteceu. Segundo ele, quatro bandidos renderam o gerente do banco, a esposa e o filho do casal de seis anos, por volta das 21 horas do último domingo (1).

O gerente foi separado de seus familiares e levado a uma estrada rural na região de Maringá por um dos bandidos identificado como Gabriel Jorda Ferreira Cândido, de 19 anos. Enquanto isso, os outros comparsas foram até a casa das vítimas em Cambira, com a mulher e o filho do gerente, e roubaram diversos pertences. "Um familiar das vítimas que mora perto notou uma movimentação diferente na casa e acionou a Polícia Militar", conta o delegado.

Os bandidos saíram da casa em posse dos dois carros da vítima e seguiram até a estrada rural onde o gerente estava rendido e depois seguiram até Nova londrina com a família. Um dos carros foi abandonado na estrada e os bandidos se hospedaram em um hotel com os reféns.

Na segunda-feira (2), Gabriel retornou a Cambira com o gerente o obrigou a sacar R$ 90 mil na agência onde trabalha para ter a família libertada. Contudo, a polícia agiu rápido antes do saque e conseguiu prender Gabriel Jorda Ferreira Cândido na rodoviária de Cambira.

"Ao chegarem ao banco, tomamos conhecimento que aquele gerente era a vítima de assalto levada no domingo. A polícia civil passou a instruir a vítima de como ela deveria se portar a fim de ganhar tempo para que as equipes da PM que estavam em campo pudessem interceptar os sequestradores e fazer o resgate das vítimas" conta o delegado".

Enquanto isso, segundo o delegado, a esposa e filho do gerente tinham sido levados até um hotel no centro de Maringá. De acordo com a polícia, a mulher conseguiu pedir socorro na recepção do estabelecimento que imediatamente avisou a PM que resgatou mãe e filho, contudo o sequestrador identificado como Paulo César de Oliveira Santos, 30 anos conseguiu fugir.

Mais tarde ele e outro comparsa, um adolescente de 17 anos, foram mortos após confronto com a PM, em Mandaguari. Segundo a PM, uma denúncia anônima levou os policiais até a identificação de uma moto, localizada em frente a uma casa onde os suspeitos estavam.

Santos morreu no local e o adolescente chegou a ser encaminhado hospital de Maringá, mas não resistiu aos ferimentos. No local foram presos Jonathan Luan Bílis, 24 anos, suspeito de ajudar Paulo a fugir logo após o resgate das vítimas e Taís Sandy de França, 19 anos que ajudou os suspeitos a se esconderem em sua casa, em Mandaguari. O confronto ocorreu em frente a casa dela. Ainda conforme a polícia, mais um envolvido conseguiu escapar. Duas armas, uma pistola e um revólver calibre 38, foram apreendidas.

A operação contou com a Polícia Civil, Polícia Miliar e com o grupo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (TIGRE), unidade especial da Polícia Civil do Paraná.

  • Polícia apresenta suspeitos de envolvimento no sequestro de gerente e família
  • Polícia apresenta suspeitos de envolvimento no sequestro de gerente e família
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias